Nuestra Empresa - ISA

​Prática não autorizada

O convite para a Assembleia Geral Anual de Accionistas está cumprindo o que regulada no artigo 185 do Código Comercial e Capítulo Dez da Superintendência Financeira da Colômbia.

Para mais informações, publicar as regras acima:

  • O artigo 185 do Código Comercial: "Salvo em casos de representação legal, gerentes e funcionários da empresa não podem ser representados nas reuniões da assembléia ou reunião de sócios que não sejam as suas próprias acções, enquanto que no exercício das suas funções, ou substituir os poderes que lhes são conferidos. "“Tampoco podrán votar los balances y cuentas de fin de ejercicio ni las de la liquidación.”
  • PARTE DEZ: Disposições especiais relativas às operações das entidades referidas no terceiro parágrafo do artigo 75 da Lei 964 de 2005 e de valores mobiliários de emitentes.

    Capítulo ll

Práticas inseguras e não autorizadas de emitentes
Na medida em que podem constituir violação do disposto nos artigos 184 e 185 do Código Comercial e artigo 23 da Lei 222, de 1995, em particular os pontos 2, 6 e 7, os emitentes devem abster-se de directamente ou indirectamente, executar o seguinte comportamento:

  • Para incentivar, promover ou sugerir aos acionistas empoderamento não parece claramente definido, onde o nome do representante dos acionistas das respectivas empresas.
  • Receba poderes dos acionistas para as reuniões da assembleia que não estiverem definidos claramente o nome do respectivo representante.
  • Aceitar poderes como válidos conferidos pelos acionistas, sem preencher os requisitos do artigo 184 do Código Comercial, para participar de reuniões de acionistas.
  • No caso daqueles que por lei para exercer a representação legal da sociedade, síndicos, e outros diretores da empresa emissora de ações, sugerir ou determinar o nome das pessoas que atuam como representantes dos acionistas nas assembleias.
  • No caso daqueles que por lei para exercer a representação legal da sociedade, síndicos, e outros oficiais das ações de emissão da empresa, recomendando que os acionistas votem para uma determinada lista.
  • No caso daqueles que por lei para exercer a representação legal da sociedade, síndicos, e outros diretores da empresa emissora de ações, sugerir, coordenar, de acordo com qualquer acionista ou qualquer representante dos acionistas, a apresentação na montagem de propostas a serem submetidas para apreciação.
  • No caso daqueles que por lei para exercer a representação legal da sociedade, síndicos e outros funcionários das partes companhia emissora, sugerir, coordenar ou concordar com qualquer acionista ou qualquer representante dos acionistas, votando a favor ou contra qualquer proposta que está presente nele. Em qualquer caso, os diretores ou empregados da sociedade emitente de acções, uma empresa pode exercer os direitos políticos inerentes às suas próprias ações e aquelas que representam ao atuar como representantes legais.
    • Medidas corretivas e saneamento.  
      No caso em que alguns estejam presentes as situações previstas no parágrafo anterior deverá proceder da seguinte forma:
      • Administradores devem retornar aos seus eleitores que podem violar os poderes previstos no parágrafo anterior.
      • Os gestores devem informar os accionistas que os poderes não podem ser atribuídas a pessoas ligadas direta ou indiretamente com a gestão ou funcionários da empresa.
      • Os gerentes não podem receber poderes especiais antes da chamada pelos quais os assuntos a serem discutidos no respectivo relatório de montagem.
      • Os gestores devem tomar todas as medidas necessárias para garantir que os funcionários da respectiva empresa agir com neutralidade para as várias medidas acionistas.
      • Os gestores devem, antes da conclusão da reunião dos acionistas, tomar todas as medidas adequadas e suficientes para garantir a participação efetiva dos acionistas na assembleia e exercer seus direitos políticos.
      • Os conselhos de emitentes de acções devem ser obrigados a declarar, por escrito, as medidas necessárias e suficientes para garantir o cumprimento das disposições do parágrafo 1 do presente Capítulo. Tais medidas devem ser direcionadas para os representantes legais, administradores e outros funcionários da respectiva empresa, para garantir que eles dar tratamento igual a todos os acionistas das mesmas.
      • Os membros do conselho devem exigir cada montagem, antes os funcionários responsáveis ​​pela verificação do cumprimento dos procedimentos referidos no parágrafo anterior, a fim de ser informado sobre o cumprimento das disposições implementação deste e tomar as medidas necessárias numeral para sanar as irregularidades encontradas pelos funcionários responsáveis ​​pela verificação.
      • Para o efeito pretendido no presente número, o respectivo conselho de administração deve adotar cheques emitidos e deve elaborar e implementar procedimentos específicos e nomear funcionários responsáveis ​​por verificar o bom desempenho de tais procedimentos.
      • As medidas e mecanismos que este número se refere será informado pelo presidente do conselho de administração para o mercado em geral, através do Superintendente Adjunto para emissores, Carteiras de Investimento e Outros Agentes maneira antes da conclusão da respectiva assembleia acionistas.